E estava ali a profetisa Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Esta era já avançada em idade, e tinha vivido com o marido sete anos, desde a sua virgindade; E era viúva, de quase oitenta e quatro anos, e não se afastava do templo, servindo a Deus em jejuns e orações, de noite e de dia. E sobrevindo na mesma hora, ela dava graças a Deus, e falava dele a todos os que esperavam a redenção em Jerusalém.

Lucas 2:36-38 

   Certa vez alguém fez um pedido para Jesus: “Senhor, mostra-nos o Pai e isso nos basta” (Jo 14:8). Diante de tal pedido, Jesus é a resposta. Ele é a manifestação, real e pessoal, de Deus ao mundo. Quantos de nós desejamos ver o Pai, e quantos buscam Sua presença? Nos textos que lemos ontem, e também os de hoje, podemos notar o tipo de pessoas que foram agraciadas pelo Senhor e Sua generosa revelação. Simeão era um homem justo e temente a Deus. Ana era uma valorosa mulher, de idade avançada, que não se afastava da igreja e mantinha uma vida de orações e devoção ao Senhor. Pessoas que buscam a face do Altíssimo, facilmente O encontram quando se consagram e se santificam diante Dele. Sejamos nós também, homens e mulheres, humildes e contritos diante de Deus e O encontraremos se O buscarmos de todo o nosso coração (Jr 29:13).

Artigos Relacionados

O casamento de acordo com a bíblia, quinta-feira
Romanos 1:26-27: 26 Por isso Deus os abandonou às paixões...
Família, criação de Deus, sábado
Gênesis 12:3:3 E abençoarei os que te abençoarem,...