“Agora eu estou saindo do mundo, e deixando todos aqui, e eu vou para a sua presença. Pai santo, guarde-os com o seu nome, o nome que o Senhor deu a mim, para que, tal como nós, eles sejam um” João 17:11-NBV-P. 


Quando iniciei meu envolvimento com o estudo teológico, quis fazê-lo de uma maneira mais fervorosa.

Pedi ao Senhor, e através de um out-door, vi o anúncio do Seminário Teológico Rogate, Um Seminário da Palavra e do Espírito, e me inscrevi. Foram 2 anos de aprofundamento da Palavra, ao estilo neopentecostal, onde o Senhor me proporcionou uma vivência mais arrojada do Seu Senhorio. Aprendi ali que as realidades espirituais e a verdade da Palavra de Deus são muito maiores do que a realidade a que estamos habituados a vivenciar através dos nossos sentidos. Sim, o que vemos, ou tocamos é bem menor do que o Reino do qual somos embaixadores. Somente ciente deste fato, podemos tomar posse das coisas para as quais somos renascidos em Cristo! Há dentro de nós o poder do Altíssimo! A Palavra nos assegura! Mas o fato de estarmos habituados a sermos geridos pela carne atrasa, atrapalha a nossa imersão no Reino do Espírito Santo, o Reino do Filho do seu amor, para o qual o Senhor nos chamou! Senhor, faze a Tua Igreja compreender que o Senhor já a investiu da Tua autoridade para que ela viva bem comprometida com o Teu Reino!

Artigos Relacionados

A preexistência de Jesus, quarta-feira
“Disseram-lhe, pois, os judeus: Ainda não tens cinquenta anos, e viste...
A preexistência de Jesus, domingo
“Agora, pois, glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela...