O Peso da Cruz

Levaram, então, Jesus; e ele, carregando a própria cruz, saiu para o lugar chamado Caveira, que em hebraico se chama Gólgota.” João 19:17 

Eu fico imaginando o quão pesada estava a cruz que Jesus teve que carregar em seus ombros. Os demais evangelistas relatam que Ele não pode carregá-la durante aquele percurso, do pretório até o Gólgota, sendo auxiliado por um homem chamado Simão.

 O que me comove é pensar que aquela cruz não era pesada apenas por causa da matéria física da madeira, mas nela estavam todos os nossos delitos, todas as nossas enfermidades, toda a nossa dor, toda a inimizade que tínhamos por Deus. Então eu paro para pensar se suportaríamos carregar sobre os nossos ombros tudo isso. Talvez não conseguiríamos  dar um único passo a frente, pois muitos eram os nossos pecados e grande era o nosso egoísmo. Jesus carregou em seus ombros um pesado fardo que não era Dele. Toda acusação, toda a dívida, toda condenação que era contra nós foi levada pelo nosso mestre naquele penoso trajeto até aquele lugar chamado Caveira. 

Às vezes nós não damos valor para tudo isso, pois não precisamos experimentar sobre os nossos ombros o peso da condenação inevitável que havia sobre nós. Entretanto temos experimentado a liberdade, a cura, o conforto, a paz, a comunhão com Deus e tantas outras coisas que só foram possíveis porque o nosso Salvador tomou para si uma pesada cruz que era para eu e você carregarmos. 

Pastor Renato Sidnei Negri Júnior

Artigos Relacionados

Cada Crente um Sacerdote
Cada Crente um Sacerdote “Mas vocês serão chamados sacerdotes do...
Cada um com seu fardo
Cada um com seu fardo “Porque cada um levará o seu próprio fardo.”...