“Então Samuel pegou uma pedra e a ergueu entre Mispá e Sem; e deu-lhe o nome de Ebenézer, dizendo: Até aqui o Senhor nos ajudou” 1 Samuel 7:12

Em nossa vida, há muitos acontecimentos históricos que ficam gravados em nossa mente para sempre. O povo no passado tinha por costume fixar no local de um grande acontecimento uma pedra memorial e dar-lhe um nome, como Betel, Peniel, Ebenézer, (cf. Js. 4:9; 24:26). Neste caso, Samuel chamou àquele local de Ebenézer, que quer dizer “pedra de ajuda”, pois Deus os havia ajudado a vencerem os filisteus. Qual é então o significado destas pedras memoriais para os nossos dias?

Em primeiro lugar, a expressão “até aqui” é um marco referente ao passado. Mais um ano está se findando e “até aqui nos ajudou o Senhor”. Por meio de pobreza e riqueza, doença e saúde, em casa ou fora, em terra ou mar, em honra ou desonra, em oração ou tentação. Em todo o passado Deus havia livrado milagrosamente Israel das mãos dos inimigos, viveram milagrosamente no deserto por 40 anos, e em tudo havia a parcela da ajuda de Deus.

Esta expressão também aponta para o futuro, pois quando alguém chega a certo marco e escreve “até aqui”, ele ainda não chegou ao fim; ainda há distâncias a percorrer. Mais provas, mais alegrias, mais tentações, mais triunfos; mais orações, mais respostas; mais labores, mais vigor, mais lutas, mais vitórias. E, então, vem a doença, idade, enfermidade e morte. E agora, é o fim? Não! Há mais ainda. Um dia iremos acordar semelhante a Jesus. Veremos tronos, harpas, cânticos, vestes brancas, a face do Salvador, a companhia dos santos, a glória de Deus, a plenitude da eternidade, a sempiterna bem-aventurança.

A jornada de Israel ainda não havia chegado ao fim. Havia muita coisa a ser feita, terras a serem conquistadas, tribos a serem assentadas em terras que Deus haveria de dar, o sistema político a ser organizado. O mesmo Deus que os havia ajudado até ali, haveria de continuar ajudando dali em diante.

Que tenhamos bom ânimo no novo ano que se inicia. Apesar de todas as lutas contra os mais variados inimigos, há um Deus que nos guarda e nos livra de todo o mal. Com grata confiança erija o seu Ebenézer, pois “quem te ajudou até aqui, te ajudará até ao fim”. Feliz 2014!

Artigos Relacionados

Cada Crente um Sacerdote
Cada Crente um Sacerdote “Mas vocês serão chamados sacerdotes do...
Cada um com seu fardo
Cada um com seu fardo “Porque cada um levará o seu próprio fardo.”...